Nota de Pesar

Foto: divulgação

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins – Sindjor ainda em choque, lamenta, profundamente, a morte do ex-presidente da Assembleia e jornalista Júnior Coimbra, ocorrido no início da noite desta quinta-feira, 26 de abril de 2018, no interior do Estado.

Junior Coimbra, era jornalista concursado do Estado do Tocantins, deixou a profissão pra abraçar uma outra paixão, a política, que nos últimos anos o levou a diferentes cargos e postos, mas não esquecia dos colegas de profissão e sempre tinha um apertar de mão, um sorriso e batidinha nas costas como cumprimento, além disso auxiliou por inúmeras vezes nas batalhas do Sindjor-TO, e teve um olhar especial aos jornalistas que cobriam pautas na Assembleia Legislativa quando foi o presidente da casa.

Junior Coimbra foi prefeito da cidade de Itaporã, sua terra natal, foi vereador, deputado estadual, deputado federal entre outros cargos.

A diretoria do Sindjor-TO e os jornalistas do Tocantins prestam solidariedade à esposa, vereadora Laudecy Coimbra, filhos e familiares, neste momento de dor, despedida e ausência.

Alessandra Bacelar
Presidente do Sindjor-TO

Relatório da FIJ registra 121 assassinatos de jornalistas em 2012

Com 6 casos, o Brasil ficou em 5º lugar na lista de países com mais assassinatos de jornalistas e trabalhadores da mídia em 2012. O relatório apresentado pela Federação Internacional dos Jornalistas (FIJ) no dia 31 de dezembro registra que o ano passado foi um dos mais sangrentos para os jornalistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu